5 lugares de Londrina que você precisa conhecer

5 lugares de Londrina que você precisa conhecer

Fundada em 1934, Londrina conta com belos pontos turísticos espalhados por diversas regiões da cidade; conheça melhor

No dia 10 de dezembro de 1934, a instalação da cidade de Londrina (nome que refere às “filhas de Londres”) se consolidava, após a assinatura do Decreto Estadual nº 2.519, feita dias antes pelo interventor Manoel Ribas, para a criação do município. Essa era uma região promissora, de terra roxa fértil e com uma imensa floresta até poucas décadas. 

Nos seus primeiros 10 anos de fundação, o município passava por uma fase de desenvolvimento comercial. Já com 50 anos, o cenário mudou, e a cidade se tornou a mais importante do interior do Brasil. Pouco depois, na década de 90, Londrina se consolidou como Polo Regional de bens e serviços, o que a tornou a terceira cidade mais importante do Sul do país. 

Contudo, o crescimento da cidade não parou por aí. A cada década, verifica-se ainda um desenvolvimento constante do município que hoje, de acordo com a estimativa feito pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) neste ano de 2019, conta com uma população de 569.733 pessoas.

Com todo o crescimento econômico, populacional e de extensão, a cidade evoluiu e passou a conter belíssimos espaços turísticos que atraem diversos visitantes que amam lazer, história, esporte e boa cultura.

Continue a leitura e confira 5 dos diversos pontos turísticos que a pequena Londres apresenta. 

1- Lago Igapó

Projetado em 1957 para solucionar o problema da drenagem do Ribeirão Cambezinho, o Lago Igapó, que em tupi significa transvazamento de rios, foi inaugurado em 10 de dezembro de 1959, juntamente com a estação de saneamento da cidade de Londrina.

Com um projeto de revitalização após um período de abandono do local, foram construídos o Zerão, também conhecido como área de lazer Luigi Borguesi e o Centro Social Urbano, além da inclusão de um jardim com mais de 187 plantas nativas. No ano de 1996, o lago foi todo esvaziado e limpo, ganhando margens revitalizadas com ciclovia, chafariz, jardins e o Teatro do Lago.

Um dos pontos turísticos mais conhecidos de Londrina, o Lago Igapó é um belíssimo local que possibilita a prática de esportes e momentos de lazer com a família e amigos. Além disso, é dividido em três áreas:

Lago Igapó I: próximo à Prefeitura Municipal de Londrina;

– Lago Igapó II: separado do lago Igapó I pela Avenida Higienópolis e conta com o aterro, palco de grandes eventos e espaço de lazer incrível);

Lago Igapó III: ao lado da Rua Prefeito Faria Lima, a caminho da Universidade Estadual de Londrina. 

Reprodução: Shutterstock

Reprodução: Shutterstock

Reprodução: Shutterstock

2- Jardim Botânico

Criado pela Secretaria de Estado do Meio Ambiente e Recursos Humanos em 2006, o Jardim Botânico de Londrina conta com mais de um milhão de metros quadrados de mata nativa, nascentes e rios. Esse se tornou mais um belo espaço de lazer e contato com a natureza na cidade de Londrina.

Vale ressaltar que o Jardim é uma importante unidade de pesquisa e conservação de espécies nativas, exóticas, raras, ameaçadas de extinção e fundamentais para a renovação do ecossistema. Ainda, é objetivo do Jardim Botânico de Londrina:

– Promover a educação ambiental;

– Realizar intercâmbio científico e cultural;

– Proporcionar lazer com valor multicultural e utilização sustentável;

– Implantar e manter bancos de germoplasma de espécies exóticas e reservas nativas; e

– Realizar a documentação de plantas.

Fotografia: Wilson Vieira

Endereço:

 Av. dos Expedicionários, 1999 – Vivendas do Arvoredo

3- Catedral Metropolitana

Em 1934, era construída a primeira Catedral de Londrina, tendo o Padre Carlos Dietz como primeiro vigário. Com o passar do tempo, a igreja já não comportava mais a quantidade de fiéis que a frequentava, se tornando necessária a construção de uma igreja maior.

Foi em 1943 que a Catedral de alvenaria foi inaugurada. Mas, mais uma vez, o grande crescimento da cidade exigiu uma Matriz ainda maior e, com isso, a antiga igreja começou a ser demolida em 1968 para a construção da nova, atual e belíssima Catedral, que foi projetada pelos arquitetos paulistas Edoardo Rosso e Yoshimasa Kimachi. 

Reprodução: Shutterstock

Reprodução: Shutterstock

Endereço:

Tv. Padre Eugênio Herter – Centro

4- Museu Histórico

Foi no ano de 1970 que o Museu Histórico de Londrina iniciou as suas atividades, na antiga Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Londrina. No ano de 1974, se tornou órgão suplementar da Universidade Estadual de Londrina (UEL), vinculando-se ao Centro de Letras e Ciências Humanas.

Somente em 1986 que o Museu ocupou o prédio da antiga Estação Ferroviária de Londrina (inaugurada em 1950 e desativada em 1980). Mais tarde, em 1996, foi iniciado o projeto de revitalização Memória Viva do museu e em 2000, o local foi reaberto com melhor estrutura e espaço para o acervo.

Dividido em três setores (Imagem e Som, Objetos e Biblioteca e Documentação), o Museu Histórico tem a missão de:

– Resgatar, preservar e divulgar o patrimônio cultural da cidade e da região;

– Contribuir para o ensino, pesquisa e extensão; e

– Promover a reflexão crítica da realidade histórica.

Reprodução: Shutterstock

Reprodução: Shutterstock

Endereço:

Antiga estação ferroviária, R. Benjamin Constant, 900 – Centro

5- Cine Teatro Ouro Verde

O Cine Teatro Ouro Verde, projeto de Vilanova Artigas e Carlos Cascaldi, foi inaugurado no ano de 1952 em Londrina, trazendo para a cidade as primeiras referências da arquitetura modernista. No ano de 1978, foi adquirido pela UEL e passou a ser denominado como Cine Teatro Universitário Ouro Verde. Em 2000, foi tombado pelo Conselho Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico Cultural do Paraná (CEPHA).

Infelizmente, grande parte da estrutura do teatro ficou comprometida devido a um incêndio que suspendeu as atividades do local e comoveu a população londrinense em 2012. Após cinco anos, em 2017, a reinauguração do famoso teatro aconteceu, trazendo palco, plateia e camarim adaptados, mas mantendo a antiga estrutura do local.

Reprodução: Shutterstock

Endereço:

R. Maranhão, 85 – Centro

Esses foram apenas cinco incríveis lugares de Londrina para você visitar. Existem ainda muitos espaços que você não pode deixar de conhecer, como: Ginásio de Esportes Moringão, Autódromo Internacional Ayrton Senna, Museu de Arte, Zerão, Biblioteca Municipal, entre outros.

E aí, será que você é londrinense raiz ou nutella? Faça o quiz da Raul Fulgêncio e descubra! 

 

Quero fazer o QUIZ!

 

Mas, queremos saber, qual desses locais apresentados no texto é o seu preferido? Não se esqueça de contar nos comentários!

*Todas as informações deste texto foram retiradas do site da Prefeitura de Londrina e dos sites oficiais dos pontos turísticos.

Leia também: Conheça as novidades digitais da Raul Fulgencio